Sobre o Acervo

A coleção de jornais que a Folha passa a dispor na internet é uma fonte histórica inestimável que abrange 90 anos de exemplares publicados sobre o país e o mundo. São séries completas de três títulos: "Folha da Noite", o diário vespertino original, de 1921; "Folha da Manhã", edição matutina criada em 1925; e "Folha de S.Paulo", que resultou da fusão, desde 1º de janeiro de 1960, desses dois diários e da "Folha da Tarde" (1949-1959).

O presente acervo é resultado, em sua maior parte, da conversão dos exemplares em papel para o formato digital por intermédio da cópia em microfilme. As coleções que originaram os microfilmes são pertencentes ao acervo da Folha e a quatro instituições públicas: a Biblioteca Nacional, a Biblioteca Mário de Andrade, o Arquivo Público do Estado de São Paulo e o Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo.

Já as edições mais recentes da "Folha de S.Paulo" provêm de versões em formato pdf extraídas diretamente do processo de publicação do jornal. Entre 2003 e 2009, porém, há um período de transição em que algumas páginas da edição apresentam páginas coloridas e outras, em preto-e-branco.

Revista da Folha e Guia da Folha, duas publicações diferenciadas que circulam na "Folha de S.Paulo", foram reproduzidas diretamente do original em papel para manter a qualidade da cor.

O processo de incorporação de novas páginas ao acervo cresce diariamente, e não apenas com a edição do jornal publicado ontem. Lacunas na coleção estão sendo preenchidas de forma incremental. Imagens com reconhecidos problemas de legibilidade serão paulatinamente substituídas por outras de melhor qualidade. Serão agregados cadernos especiais e está prevista a entrada de novos títulos.

Sair